terça-feira, março 29, 2005

dia oitenta e um : 81 : as paredes têm ouvidos # 42

gotemburgo. viagem de regresso a 2001 através de the opiates. sonoridade a cargo de thomas feiner e do seu projecto anywhen.

on the last day of summer the sun shines bright

[breve passagem pelas faixas sonoras de the opiates. aqui]

[outras ligações sonoras e informativas serão sempre úteis]

7 comentários:

O Puto disse...

Sou mais uma das (poucas) pessoas que conhecem este álbum.

Arroz de Estragão disse...

Dinah and the beautiful blue...

Juntem mais um ao molhe ;-)

su disse...

Ainda não tinha comentado contigo, mas temos gostos musicais semelhantes. Mais uma vez.

pipetobacco disse...

{ ... não conheço, fala-me dele(s) © in[culto] ... }

FDV disse...

não há muito a dizer. [é mais importante ouvir este óptimo conjunto de calmas e cuidadas composições].

[the opiates, por anywhen, clearspot 2001]

cumprimentos.

Ri.Ma. disse...

Desde o início do programa - já lá vão, quase, três anos - que este disco é reproduzido.

1 abraço

... agradeço todas as visitas, referências e por esta oferenda: o teu blog é muito bom.

Paulo disse...

Vim a ouvi-lo de uma incursão por aldeias. Presta-se muito. É belo e quase não me perturba o silêncio.